Loading...

quarta-feira, 29 de fevereiro de 2012

                     NUNCA DESISTA E CUIDADO COM OS QUE ESTÃO EM SUA VOLTA.



Porém eu mandei dizer-lhe: De tudo o que dizes coisa nenhuma sucedeu; mas tu, do teu coração, o inventas.
Porque todos eles procuravam atemorizar-nos, dizendo: As suas mãos largarão a obra, e não se efetuará. Agora, pois, ó Deus, fortalece as minhas mãos
Neemias 6:8-9

AMADOS NÃO SÃO POUCOS QUE ESTÃO EM SUA VOLTA E VENDO SUA LUTA, TENTAM DE TODAS AS MANEIRAS FAZER COM QUE VOCÊ DESISTA DE SEUS SONHOS E ATÉ DE RECOMEÇAR, RECONQUISTAR. POR ISSO, RELATAMOS UM HOMEM, NEEMIAS, QUE COM O PROPÓSITO FIRME, FOI A SUA TERRA, RECONSTRUIR SEUS MUROS, JERUSALÉM E MAIS DO QUE ISSO, PROVAR AS PESSOAS QUE É POSSÍVEL, RECONSTRUIR, LUTAR.

E, VOCÊ TEM UM AMIGO QUE SEMPRE ESTARÁ AO SEU LADO. ELE, JESUS, É SEU AMIGO E QUER QUE VOCÊ SEJA AMIGO DELE, PARA QUE ASSIM ELE, JESUS, POSSA MUDAR SUA SORTE. PARE TUDO, PENSE. ORE, CONVERSE COM ELE, E NÃO TEMA AS PALAVRAS ATEMORIZANTES, QUE VOCÊ TEM OUVIDO PARA DESISTIR DE SEUS SONHOS. JESUS, ESSE NOME TEM PODER. E ELE IRÁ ESTAR AO SEU LADO PARA RECONSTRUIR SUA VIDA.

terça-feira, 28 de fevereiro de 2012

Judeus Concluem Preparativos para Construção do Terceiro Templo

O Monte Moriá ou Monte do Templo, onde se encontra o Domo da Rocha, é o lugar original do Templo de Jerusalém, a qual 64% dos judeus israelenses, segundo pesquisa recente, desejam ver reconstruído.

Instituto do Templo e outros grupos de judeus ortodoxos já têm todos os 102 artigos do Templo prontos para começar a reconstrução
As profecias bíblicas relacionadas ao final dos tempos falam do Templo de Jerusalém como uma realidade no período da Grande Tribulação e do Milênio (período de mil anos em que Cristo reinará com Sua Igreja sobre a Terra). Mas, o Templo, sabemos, não foi ainda reconstruído. Porém, quase todos os passos que precisavam ser dados para que isso acontece já são realidade. Se não, vejamos.

Em primeiro lugar, para o Templo ser reconstruído, seria necessário Israel voltar a existir como uma nação, o que ocorreu em 1948. Em segundo lugar, seria necessário a reconquista da cidade de Jerusalém, o que também já aconteceu, em 1967. Em terceiro lugar, seria necessário ainda que todos os utensílios do Templo fossem restaurados. E isso já está acontecendo. Ou melhor, os utensílios já estão praticamente concluídos.

A primeira vez que o assunto reconstrução do Templo chamou a atenção da mídia mundial foi em 1989, quando a revista norte americana Time, em sua edição de 16 de Outubro de 1989, cuja matéria de cara era intitulada "Time for a New Temple? ("Tempo para um Novo Templo?"), apontava o desejo crescente entre os judeus ortodoxos em Israel de ver o Templo de pé mais uma vez. Por essa época, dava seus primeiros passos o chamado Instituto do Templo.

Erguido na Cidade Velha de Jerusalém, o Instituto do Templo tem se dedicado com afinco, durante as últimas duas décadas, aos preparativos para a reconstrução do Templo, chegando hoje praticamente ao final dessa preparação, em mais um sinal evidente da proximidade da Segunda Vinda de Jesus. Em seus pouco mais de 20 anos de existência, o Instituto já recriou o candelabro do Templo (Menorah), a um custo de 3 milhões de dólares, além de harpas, altares, recipientes para incenso e as roupas dos sacerdotes, tudo meticulosamente igual à descrição bíblica desses artigos. Ao todo, são 102 os utensílios necessários para os rituais do Templo; e hoje todos eles - isso mesmo: todos - já estão prontos. O últimmo passo será a busca de restos (cinzas, por exemplo) das novilhas vermelhas, uma espécie de novilha em extinção que, sendo um animal kosher (puro), era usado no ritual de purificação dos sacerdotes antes de adentrarem o Templo de Jerusalém, segundo o texto de Números 19.

O objetivo dos judeus ortodoxos ligados ao Instituto é clonar a novilha vermelha a partir dos restos que eventualmente possam ser encontrados para que, após a reconstrução do Templo, os sacerdotes já estejam ritualmente prontos para servir. Ou seja, até os avanços recentes na área de genética favoreceram os planos e a fé daqueles que têm se dedicado à reconstrução, e que, inclusive, já elaboraram uma lista de judeus que são provavelmente descendentes de Levi, conforme estudo meticuloso da árvore genealógica de milhares de judeus, para exercerem a função de sacerdotes. Muitos deles já estão de sobreaviso e totalmente integrados ao projeto.

O rabino Yisrael Ariel, fundador do Instituto e considerado um dos maiores especialistas no mundo em rituais do Templo de Jerusalém, afirma que a função do Instituto sempre foi e será "dedicar-se à recriação de artefatos usados no Templo não apenas como um exercício histórico, mas como uma maneira de se preparar para sua reconstrução". Algumas das últimas recriações do Instituto são surpreendentes e realçam sua dedicação. Em dezembro de 2007, por exemplo, o Instituto anunciou a conclusão da confecção do candelabro e da coroa de ouro maciço que a Bíblia diz que o sumo sacerdote levava no cumprimento dos seus deveres no Templo. De acordo com a agência de notícias israelenses Israel National News, os artistas que trabalharam na coroa e no candelabro seguiram escrupulosamente, durante mais de um ano, as instruções registradas na Bíblia hebraica e as informações sobre a coroa e o candelabro gravadas em antigas fontes históricas para chegar ao formato final nos dois artigos, que são considerados hoje absolutamene fidedignos aos originais.

Candelabro do terceiro Templo já está pronto e à mostra no Instituto do Templo
Pedra Angular do Templo
Mas, não são apenas os centenas de rabinos do Instituto do Templo que têm se dedicado aos preparativos para a reconstrução. Outros grupos judeus ortodoxos relacionados também manifestam-se nesse sentido. Em 21 de Maio deste ano, por exemplo, um grupo de judeus denominado "Movimento de Fidelidade à Terra de Israel e ao Monte Templo" (Temple Mount and Land of Israel Faithfull Movement) realizou uma passeata em Jerusalém deslocando uma pedra de quase quatro toneladas que é considerada por alguns judeus ortodoxos a pedra angular para a edificação do terceiro Templo de Jerusalém.

O dia 21 de Maio foi escolhido para a realização da passeata porque é o "Dia de Jerusalém" em Israel, data em que os judeus celebram a vitória na Guerra dos Seis Dias, quando Israel reconquistou Samaria, Judéia, Gaza, os Montes de Golan e Jerusalém. Durante a passeata com a pedra de esquina que provavelmente suportará a edificação do Templo, o grupo do "Movimento de Fidelidade à Terra de Israel e ao Monte do Templo" protestou em frente ao Consulado dos Estados Unidos por causa da política para o Oriente Médio adotada pelo atual presidente norte-americano, Barack Hussein Obama, que quer dividir a cidade de Israel, estabelecendo a capital do Estado árabe dentro de Israel. Em frente ao Consulado, a multidão bradava: "Tirem as mãos da Terra de Deus e do povo de Israel e de Jerusalém!". Ao chegar no portão de Jaffa, na cidade velha de Jerusalém, o grupo de fiéis dançou e tocou trombetas de prata declarando seu amor a Jerusalém.

O grupo dos Fiéis do Monte do Templo é liderado pelo rabino Gershon Salomon, que já afirmou em entrevista ao arqueólogo norte-americano e cristão Randall Price (autor de Arqueologia Bíblica, CPAD) nos anos 90 o que se segue: "Creio que a reconstrução do Templo é a vontade de Deus. O Domo da Rocha deve ser retirado. Devemos, como sabem, removê-lo. E hoje temos todo o equipamento para fazer isso, pedra por pedra, cuidadosamente, embalando-o e enviando-o de volta para Meca, o lugar de onde veio. (...) No dia certo - creio que em breve - essa pedra [de esquina] será colocada no Monte Templo, trabalhada e polida. Será a primeira pedra para o terceiro Templo. A pedra não está longe do Monte Templo, mas bem perto das muralhas da Cidade Velha de Jerusalém, perto da Porta de Shechem. Dessa pedra se pode ver o Monte Templo. Mas, o dia está próximo em que essa pedra estará no lugar certo. Pode ser hoje ou amanhã, mas estamos bem pertos da hora certa".

Já há alguns anos que Gershon Salomon tem incentivado rabinos a Já realizarem sacrifícios próximos ao Monte Moriá, isto é, o Monte do Templo. Na Páscoa de 1998, rabinos judeus realizaram um sacrifício de um animal no Muro Ocidental, que pode ter sido o primeiro sacrifício animal realizado no local do Templo desde 70d.C., quando Jerusalém foi destruída pelos exércitos romanos. Em 4 de Abril de 1999, o próprio Gershon Salomon tentou realizar um sacrifício sobre o Monte do Templo, mas foi frustrado. E em Abril de 2008, rabinos em Israel afirmaram que estão se preparando para realizar alguns sacrifícios de animais, num lugar bem próximo ao Monte do Templo. Mais de um ano depois, ainda não os fizeram, mas eles têm se mostrado insistentes na idéia de fazê-los futuramente, o que para os árabes palestinos serão considerados atos muito provocativos.

Outro grupo é o Ateret Cohanim, que fundou uma yeshiva (escola religiosa) para a educação e o treinamento dos sacerdotes do Templo. O objetivo dessa organização judaica liderada por rabinos é pesquisar os regulamentos levíticos e treiná-los para um sacerdócio futuro no terceiro Templo.

Enquanto isso, todos os dias, três vezes ao dia, judeus ortodoxos oram diante do Muro das Lamentações pedindo a Deus para que o Templo seja reconstruído. Dizem as preces, quase em uníssono: "Que a Tua vontade seja a rápida reconstrução do Templo em nossos dias....".

O respeitado rabino Chaim Richman, diretor internacional do Instituto do Templo, é apontado como o mais provável a assumir a função de sumo sacerdote logo após a reconstrução; ele também liderará o Sinédrio, cujo lista de futuros membros, preparada por rabinos, já está pronta
Oposição Palestina
Adnan Husseini, conselheiro do presidente palestino Mahmoud Abbas em questões relativas a Jerusalém, critica a existência do Instituto do Templo e seu projeto, que denomina "provocação". "Se eles falam de construir o Templo, o que isso significa? Significa destruir mesquitas islâmicas. E se eles o fizerem, ganharão 1,5 milhão de inimigos. É o desejo de Deus que esse seja um local de adoração islâmico e eles devem respeitar isso", afirma Husseini.

Em resposta, os rabinos do Instituto do Templo declaram que não têm projetos nenhum de destruição das mesquitas até porque a maioria dos rabinos ortodoxos crê, à luz das profecias da Bíblia hebraica, que a reconstrução do Templo será um ato do próprio Deus, ato este que só será realizado, afirmam, "quando chegar o tempo em que o Senhor achar os judeus merecedores do Templo mais uma vez". Eles destacam ainda que os preparativos são apenas uma demonstração de fé nas profecias.

Entretanto, apesar de não haver mesmo por parte do Instituto do Templo nenhum planejamento em andamento para a destruição das mesquitas que se encontram hoje no Monte do Templo, o rabino Chaim Richman, diretor internacional do Instituto (e forte candidato a assumir a função de sumo sacerdote do Templo), e que já foi entrevistado do jornal Mensageiro da Paz há alguns anos, declarou em dezembro de 2007 que a tarefa do Instituto nos próximos anos será "completar o projeto arquitetônico para o terceiro Templo, incluindo as projeções dos custos e os esquemas e detalhes das partes elétricas e das canalizações", informação publicada nos jornais israelenses e que deixou os palestinos irados.

Para esquentar mais o clima, em outubro deste ano, o Comitê para a Monitoração Árabe acusou Israel de estar fazendo escavações arqueológicas por baixo do Monte Templo, o que os israelenses negam. "Essas acusações são uma perfeita mentira. Alegar que os judeus andam escavando por baixo do Monte do Templo é como dizer que o dia é noite", afirmou o rabino Shamuel Rabinovitz, responsável por cuidar do Muro das Lamentações. Seja como for, uma pesquisa recente mostrou que 64% dos judeus israelenses desejam, contanto que seja possível, ver o Templo reconstruído.

Seja verdadeira ou não a denúncia das escavações, certo é que a conclusão dos preparativos para a reconstrução demonstram que a restauração dos rituais do Templo no final dos tempos, conforme as profecias bíblicas asseveram, não está longe da sua concretização. Muito ao contrário. É uma questão de tempo. E, ao que tudo indica, muito pouco tempo.

Fonte: Mensageiro da Paz, Dezembro 2009

segunda-feira, 27 de fevereiro de 2012

                                              JERUSALÉM

E os habitantes de uma cidade irão à outra, dizendo: Vamos depressa suplicar o favor do SENHOR, e buscar o SENHOR dos Exércitos; eu também irei.
Assim virão muitos povos e poderosas nações, a buscar em Jerusalém ao SENHOR dos Exércitos, e a suplicar o favor do SENHOR.
Zacarias 8:21-22
Jerusalém não é uma Cidade turistíca. Sendo a Capital de Israel e o Berço das três religiões monoteistas: Cristianismo, Judaismo e Islamismo. E, com certeza vemos os olhos do mundo em Jerusalém.

Uma Cidade, onde a UNÇÃO de DEUS, está nessa CIDADE LUZ. E quem não tem o desejo de pisar na TERRA SANTA? Terra que foi escolhida por DEUS, onde tem demostrado seu amor e plano de redenção,.

Orai pela paz de Jerusalém; prosperarão aqueles que te amam. Salmos 122:6

domingo, 26 de fevereiro de 2012


O QUE O MUNDO APRESENTA PARA AS PESSOAS, É QUE A COMUNICAÇÃO COM DEUS SE FAZ COBERTO DE RITUAIS E IMPOSIÇÕES, QUE ATÉ DEUS DESCONHECE. EVIDENTEMENTE, O QUE DEUS ESPERA DE CADA UM DE NÓS É A SINCERIDADE DE UM CORAÇÃO DISPOSTO A BUSCAR O ARREPENDIMENTO E A PARTIR DAÍ, BUSCAR UMA COMUNHÃO COM DEUS, FUGIR DO PECADO. DEUS, NÃO QUER QUE AS PESSOAS CHEGUEM A ELE, PEÇAM MILAGRES E QUE NÃO TENHAM ABSOLUTAMENTE, NENHUM COMPROMISSO COM ELE.

NÃO PODEMOS IMAGINAR QUE SE POSSA TER UMA VIDA SEM LIMITES, SEM REGRAS, E QUE AO NECESSITAR DE UM MILAGRE, NOS COLOQUEMOS EM ORAÇÃO, E QUE NÃO TENHAMOS QUE OBEDECE-LO E CONTINUAR COM A VIDA DE ANTES, SEM COMPROMISSOS E COMPROMENTIMENTO COM SUA LEI, E PRINCIPALMENTE COM DEUS.

É CHEGADA A HORA, DE MEDITARMOS EM TUDO QUE NOS RODEIA, REFLITIRMOS E BUSCARMOS SUA LEI.

E QUE POSSAMOS USAR A MESMA PALAVRA DO SALMISTA:

Escondi a tua palavra no meu coração, para eu não pecar contra ti.Salmos 119:11

sábado, 25 de fevereiro de 2012

                                                              O PODER DA ORAÇÃO.

Pedro, pois, era guardado na prisão; mas a igreja fazia contínua oração por ele a Deus.
E quando Herodes estava para o fazer comparecer, nessa mesma noite estava Pedro dormindo entre dois soldados, ligado com duas cadeias, e os guardas diante da porta guardavam a prisão.
E eis que sobreveio o anjo do Senhor, e resplandeceu uma luz na prisão; e, tocando a Pedro na ilharga, o despertou, dizendo: Levanta-te depressa. E caíram-lhe das mãos as cadeias.
E disse-lhe o anjo: Cinge-te, e ata as tuas alparcas. E ele assim o fez. Disse-lhe mais: Lança às costas a tua capa, e segue-me.
E, saindo, o seguia. E não sabia que era real o que estava sendo feito pelo anjo, mas cuidava que via alguma visão.
E, quando passaram a primeira e segunda guardas, chegaram à porta de ferro, que dá para a cidade, a qual se lhes abriu por si mesma; e, tendo saído, percorreram uma rua, e logo o anjo se apartou dele.
E Pedro, tornando a si, disse: Agora sei verdadeiramente que o Senhor enviou o seu anjo, e me livrou da mão de Herodes, e de tudo o que o povo dos judeus esperava.
E, considerando ele nisto, foi à casa de Maria, mãe de João, que tinha por sobrenome Marcos, onde muitos estavam reunidos e oravamAtos 12:5-12

QUANDO PERSEVERARMOS EM ORAÇÃO VEREMOS DEUS MANIFESTAR SEU PODER
ORE E QUANDO VC SE CANSAR ORE. POIS NESSA PASSAGEM VEMOS CLARAMENTE O PODER DA ORAÇÃO.

sexta-feira, 24 de fevereiro de 2012


Este homem foi condenado à morte no Irã por ser cristão. Ele pode se salvar: basta renunciar a Cristo

Pastor Yousef Nadarkhani, condenado à morte no Irã. Motivo: ele é cristão
Pastor Yousef Nadarkhani, condenado à morte no Irã. Motivo: ele é cristão

COM CERTEZA ESSE HONROU A SUA FÉ. FOI ENFORCADO E NÃO NEGOU SUA FÉ.

quarta-feira, 22 de fevereiro de 2012

                                      AINDA HÁ ESPERANÇA 



Agora, pois, SENHOR, que espero eu? A minha esperança está em ti.Salmos 39:7

Diante de tantas lutas e adversidades, não há como buscar ajuda de homens, ou fugir, viajando tetando esquecer, ou esperar que o tempo possa resolver os momentos de dor. São nesses momentos onde a ¨esperança¨tem que estar enraizada no nosso Senhor. É, nesse momento que nossa busca em oração tem que ser diária, constante, esconder embaixo de suas ASAS, fazer DELE o ALTO REFÚGIO.

Não, ninguém absolutamente ninguém poderá nos dar a resposta, ou o refrigério que cada momento da vida nos traz. E, são momentos em que nos sentimos sós...

E, é exatamente nesses momentos que temos que ter a esperança NELE. Fale, chore, clame, mas faça em particular, você e DEUS. Se retire, DEUS quer lhe ouvir...

DEUS quer mais do que ouvir. Estar ao seu lado e atravessar esse momento com você, enxugar suas lágrimas e caminhar com você. Espere em DEUS, mas antes, convide-O, a ser sua ESPERANÇA.

terça-feira, 21 de fevereiro de 2012

                         JOSÉ ENRIQUECE A FARAÓ POR 4 VEZES





Então José recolheu todo o dinheiro que se achou na terra do Egito, e na terra de Canaã, pelo trigo que compravam; e José trouxe o dinheiro à casa de Faraó.
Acabando-se, pois, o dinheiro da terra do Egito, e da terra de Canaã, vieram todos os egípcios a José, dizendo: Dá-nos pão; por que morreremos em tua presença? porquanto o dinheiro nos falta.
E José disse: Dai o vosso gado, e eu vo-lo darei por vosso gado, se falta o dinheiro.
Então trouxeram o seu gado a José; e José deu-lhes pão em troca de cavalos, e das ovelhas, e das vacas e dos jumentos; e os sustentou de pão aquele ano por todo o seu gado.
E acabado aquele ano, vieram a ele no segundo ano e disseram-lhe: Não ocultaremos ao meu senhor que o dinheiro acabou; e meu senhor possui os animais, e nenhuma outra coisa nos ficou diante de meu senhor, senão o nosso corpo e a nossa terra;
Por que morreremos diante dos teus olhos, tanto nós como a nossa terra? Compra-nos a nós e a nossa terra por pão, e nós e a nossa terra seremos servos de Faraó; e dá-nos semente, para que vivamos, e não morramos, e a terra não se desole.
Assim José comprou toda a terra do Egito para Faraó, porque os egípcios venderam cada um o seu campo, porquanto a fome prevaleceu sobre eles; e a terra ficou sendo de Faraó.
E, quanto ao povo, fê-lo passar às cidades, desde uma extremidade da terra do Egito até a outra extremidade.
Somente a terra dos sacerdotes não a comprou, porquanto os sacerdotes tinham porção de Faraó, e eles comiam a sua porção que Faraó lhes tinha dado; por isso não venderam a sua terra.
Então disse José ao povo: Eis que hoje tenho comprado a vós e a vossa terra para Faraó; eis aí tendes semente para vós, para que semeeis a terra.
Há de ser, porém, que das colheitas dareis o quinto a Faraó, e as quatro partes serão vossas, para semente do campo, e para o vosso mantimento, e dos que estão nas vossas casas, e para que comam vossos filhos.
E disseram: A vida nos tens dado; achemos graça aos olhos de meu senhor, e seremos servos de Faraó.
José, pois, estabeleceu isto por estatuto, até ao dia de hoje, sobre a terra do Egito, que Faraó tirasse o quinto; só a terra dos sacerdotes não ficou sendo de Faraó.
Gênesis 47:14-26

JOSE´ NOS DÁ UM ENSINAMENTO PARA APLICARMOS EM NOSSAS VIDAS, QUANDO AO ADMINISTRAR O EGITO, ELE POR QUATRO VEZES, FAZ COM QUE TODO O DINHEIRO FIQUE NO EGITO E NÃO APENAS ISSO, MAS CRIA O IMPOSTO SOBRE A TERRA. O QUE PODEMOS APRENDER COM ISSO? COMO GERAR CONDIÇÕES EM NOSSAS VIDAS, DE TAL MANEIRA, QUE POSSAMOS CRIAR OPORTUNIDADES NAS ADVERSIDADES? E ASSIM SUPERARMOS ESSES MOMENTOS DE DIFICULDADES E NÃO NOS PRENDERMOS AOS PROBLEMAS. MAS. QUE NESSES PROBLEMAS, VEJAMOS GRANDES OPORTUNIDADES E GERARMOS MOMENTOS INESQUECIVEIS DE SUPERAÇÕES E ASSIM ENTENDERMOS, QUANDO PAULO DIZ:

E sabemos que todas as coisas contribuem juntamente para o bem daqueles que amam a Deus, daqueles que são chamados segundo o seu propósito.Romanos 8:28

sábado, 18 de fevereiro de 2012

                                                   BENDITO DE MEU PAI
E, respondendo o Rei, lhes dirá: Em verdade vos digo que quando o fizestes a um destes meus pequeninos irmãos, a mim o fizestes.Mateus 25:40

Em Caxias, Crivella entrega mais uma casa do Cimento Social

O senador Marcelo Crivella (PRB-RJ) esteve nesta sexta-feira (17/2), no Parque Centenário, em Duque de Caxias, para entregar a 23ª casa do Cimento Social, programa de habitação popular idealizado por ele.
A beneficiada, Erineia Egnaceo Maia, de 89 anos, transbordava de felicidade, ao receber a chave das mãos de Crivella:
- Estou muito feliz. Não tenho palavras para descrever minha emoção. Essa casa é o maior presente que Deus me deu. A partir de hoje, começo uma nova vida. Me sinto como se fosse uma mocinha. Estou rejuvenescida – emocionou-se a felizarda.
Crivella lembrou que a tristeza deu lugar à esperança na vida de dona Erineia:
- Lamento que uma trabalhadora brasileira espere 90 anos para ter uma casa digna. Mas graças a Deus que aquele passado triste, quando vivia com medo do casebre cair, se apaga, e surge uma nova esperança no horizonte, para um futuro muito mais bonito – disse Crivella.
Além de entregar a casa totalmente mobiliada, uma das principais vantagens do Cimento Social é colocar o telhado nas casas, para evitar a queda de crianças que soltam pipas em laje ou donas de casa que lá estendem roupa, e, principalmente, o perigo de que pequenas poças de água de chuva se tornem foco para a proliferação do mosquito transmissor da dengue.
O SENADOR CRIVELLA TEM DEMOSTRADO COM SEU TRABALHO POLÍTICO, QUE É POSSÍVEL SE FAZER PELO POVO, PELAS PESSOAS QUE DURANTE ANOS VIVEM SEUS SONHOS, E NÓS SABEMOS QUE EXISTEM SONHOS, QUE NECESSITAM SEREM COMPARTILHADOS, DIVIDIDOS PARA SEREM REALIZADOS. SENADOR CRIVELLA, TEM NOS HONRADO POR REPRESENTAR O POVO DE DEUS. COMO BISPO, COMO SENADOR, COMO HOMEM DE DEUS; E COM CERTEZA, NO GRANDE DIA ELE OUVIRÁ: VINDE A MIM BENDITO DE MEU PAI. POIS QUANDO O FIZESTES A UM DESSES MEUS PEQUENINOS IRMÃOS,  A MIM O FIZESTES.

sexta-feira, 17 de fevereiro de 2012

                                              Então virá o fim...

Aguardando, e apressando-vos para a vinda do dia de Deus, em que os céus, em fogo se desfarão, e os elementos, ardendo, se fundirão?2 Pedro 3:12
Não há como não observar os fatos que mostram de forma direta que estamos vivendo o fim dos tempos, mas há que se ter o cuidado e examinar as Escrituras. Pois, por conta de acontecimentos que mexem com o mundo, catastrofes, tsunames, surgem profecias e datas.  Mas daquele dia e hora ninguém sabe, nem os anjos do céu, mas unicamente meu Pai.Mateus 24:36.

Por conta disso, cabe-nos fazer o que nos foi dado como ordem:

E este evangelho do reino será pregado em todo o mundo, em testemunho a todas as nações, e então virá o fim.Mateus 24:14

Pregarmos o Evangelho, e cumprirmos o IDE.


quinta-feira, 16 de fevereiro de 2012

Vale mais ter um bom nome do que muitas riquezas; e o ser estimado é melhor do que a riqueza e o ouro. Provérbios 22:1

Nos dias de hoje, onde as pessoas valem mais pelo que possuem e não pelo que são, acabam se perdendo, imaginando que as riquezas, irá completa-las, ao contrário, ficam refém de suas riquezas e esqueçem o valor de ser ter um bom nome. De ser estimando, querido. E não são os poucos que pensam que o dinheiro é tudo. E o sábio deixa de uma clareza qua não coloca nenhuma sombra de dúvidas. O nome, a estima, supera qualquer valor e vem mostrar que a estima é capaz, de criat laços de relacionamento, que dinheiro ou riqueza alguma compra.

terça-feira, 14 de fevereiro de 2012

O homem de coração dobre é inconstante em todos os seus caminhos.
Tiago 1:8
Diante de situações que a vida sempre nos trará, temos que buscar em DEUS uma FÉ, que iremos superar, que DEUS é conosco. Pois o mundo sempre estará nos cercando de incertezas, sem esquecer de pessoas que nos cercam que trazem palavras de incertezas e insegurança. Cabe a nós, irmos em frente, e nos sonhos que temos, irmos até o fim; acreditando sempre que é possível, que iremos realizar. Não sejamos homens de coração dobre, inconstantes, pois se agirmos assim, não teremos direção. E, quem não sabe aonde ir, não tem aonde chegar.

segunda-feira, 13 de fevereiro de 2012

                           O CORDEIRO DE DEUS QUE TIRA O PECADO DO MUNDO

   A importância dos ritos religiosos na comunidade de Israel, no Antigo Testamento, se expressava por meio das libações, refeições sagradas, sacrifícios de animais, etc. Apesar de entendermos que a nação de Israel não copiou esses exemplos das nações pagãs, de fato, essas nações tinham os mesmos hábitos; mas a ideologia do povo de Israel era distinta e diferente delas. Se o sacrifício de animais nos parece repulsivo, porque compramos carne embrulhada em sacos plásticos, para os israelitas, porém, era algo perfeitamente normal. Matar animais para fins religiosos era uma prática comum no mundo antigo. A vida do animal era dada em troca da morte do pecador. Por causa da gravidade do pecado, a situação do pecador não poderia ficar sem uma solução. Era esse o motivo que levava Deus a aceitar os sacrifícios de animais, cujo sangue derramado – sangue este que simbolizava a vida (Lv 17.11) – era vital para “cobrir” a transgressão (Hb 9.22).
       Entretanto, dentre todas ao seu redor, Israel era a única nação que sacrificava somente ao Deus único e verdadeiro. O culto sacrificial de Israel se fazia acompanhar também de forte realce aos elevados valores morais, ao contrário do culto pagão, que associava o sacrifício à prostituição cultual e a outras perversões.
       O sacrifício de animais era, sobretudo, uma oferta pelo pecado. A idéia primordial era que aquele que estivesse ofertando o animal teria o seu pecado “apagado”, ou seja, uma forma voltar a se relacionar com o Criador. Toda vez que um animal era sacrificado servia de vívida lembrança de que o pecado é algo mortalmente grave (Gn 2.17).
       Quando a vida do animal era oferecida em troca da pena pelo pecado, o culpado recebia a purificação. Ao colocar a mão sobre a cabeça do animal sacrificado (Lv 1.4), o adorador se identificava com esse animal. Entendia claramente que o animal estava morrendo em seu lugar pelos pecados que cometera. Assim, aquele sangue era um agente purificador que eliminava o pecado, já que representava a vida do animal.
       No Novo Testamento, Jesus é apresentado como o antítipo de todos esses sacrifícios. Sendo Ele próprio o “Cordeiro de Deus” (Jo 1.29), se tornou o sacrifício perfeito, eliminando, dessa forma, a continuação e a necessidade de sacrificar animais (Hb 7.27; 9.12-14; 10.18). A primordial diferença entre o sacrifício de Jesus e os animais do Antigo Testamento está na eficácia. O sangue de Jesus não apenas “cobre” os pecados, como o dos animais faziam, mas purifica totalmente o pecador (1Jo 1.7)

sábado, 11 de fevereiro de 2012

quinta-feira, 9 de fevereiro de 2012


                                        DEUS TEM CUIDADO DE NÓS

Porque aos seus anjos dará ordem a teu respeito, para te guardarem em todos os teus caminhos.
Eles te sustentarão nas suas mãos, para que não tropeces com o teu pé em pedra.Salmos 91:11-12

O amor de DEUS para conosco vai além de nosso entendimento; os seus anjos estão a nos proteger e inumeros são os livramentos que temos. A nós cabe, parar e refletirmos a respeito de nosso comportamento diante de DEUS e em nossa meditação, buscar um relacionamento profundo com nosso DEUS, que quer exatamente uma comunhão maior, um dialógo, não um monológo. O amor Divino, para conosco é inesplicável, e o que DEUS espera é apenas uma coisa; Que nós o busquemos de todo nosso coração. Não importa o que vc tenha feito, ou esteja fazendo, DEUS irá sempre guardar seus caminhos e espera que tão somente venhamos nos voltar para ELE, pois nosso senhor Jesus pagou um preço, sua morte, seu sangue, por todos nós e temos que busca-LO,  mas de todo o nosso coração. JESUS, está lhe esperando, o que vc está esperando....

quarta-feira, 8 de fevereiro de 2012

                                                          A ESPERANÇA

Ponha a sua boca no pó; talvez ainda haja esperança.Lamentações 3:29
Agora, pois, SENHOR, que espero eu? A minha esperança está em ti.Salmos 39:7
Não há como negar, que durante nossa vida, enfrentaremos momentos, situações, que caberá a nós buscarmos ao nosso DEUS, pois temos que entender que momentos assim se fazem necessários para que haja um diferencial, onde todos passam, mas aqueles que possuem sua ¨ESPERANÇA¨ no Senhor, esses irão vencer e apresentarão aos que lhe cercam a existência de um DEUS. Não um deus desse mundo, mas um DEUS, que se mostra presente na angústia, como SOCORRO, como FORTALEZA. Nesse exato momento ao ler, vc necessita dessa ESPERANÇA. Portanto ao término da leitura, ore, converse com DEUS e em o nome do SENHOR JESUS, o socorro virá e a ESPERANÇA, terá vindo até vc.

sábado, 4 de fevereiro de 2012


                                             VEM AÍ...

                                          NO TEATRO RAUL CORTÊS                        

 

                               LOUVOR E ADORAÇÃO CIA GOSPEL!

E pôs um novo cântico na minha boca, um hino ao nosso Deus; muitos o verão, e temerão, e confiarão no SENHOR.Salmos 40:3

A CIA GOSPEL ESTARÁ, JUNTO COM A SECRETARIA DE CULTURA E TURISMO REALIZANDO O LOUVOR E ADORAÇÃO COM MÚSICAS INÉDITAS, ONDE MUITOS VERÃO E TEMERÃO E CONFIARÃO NO SENHOR.

ALGO JAMAIS VISTO, ONDE NESSE DIA DEUS MANIFESTARÁ SUA PRESENÇA COM LOUVORES E ADORAÇÕES. LEVITAS NÃO FIQUEM DE FORA.

QUANDO O HOMEM ORA O CÉU BEIJA A TERRA. QUANDO O LEVITA LOUVA, DEUS SE LEVANTA!

MAIORES DETALHES EM BREVE.....

sexta-feira, 3 de fevereiro de 2012

A Arca da Aliança

Introdução
A maioria dos estudos sobre o tabernáculo começa com o pátio externo e termina com a Arca. Nós escolhemos seguir a ordem bíblica e começar com a Arca, que era o objeto mais sagrado da Velha Aliança (Êxodo 25:10-22, 37:1-9). Na verdade o tabernáculo inteiro foi construído em torno da Arca onde se manifestava a presença de Deus.
I. A Descrição da Arca
A Arca era uma espécie de caixa feita de madeira hoje conhecida como Acácia. Ela media 2 ½ côvados de comprimento por 1½ de altura e largura e era recoberta de ouro puro por dentro e por fora. Na parte superior havia uma coroa de ouro ao seu redor. Próximo ao fundo e em cada um dos cantos havia argolas de ouro. Varas de madeira cobertas de ouro passavam através destas argolas e eram utilizadas para carregar a Arca de forma elevada.

No topo da Arca se encontrava uma tampa de ouro conhecida como "propiciatório". Uma vez por ano, no grande dia da expiação, o sangue de um sacrifício era aspergido pelo sumo sacerdote neste local.

Nas extremidades do propiciatório havia dois querubins de ouro. Estes dois querubins estendiam as suas asas e tinham as suas faces voltadas para o propiciatório. Acima do propiciatório e entre os querubins estava a glória "Shekinah" de Deus (Salmo 80:1, 99:1; Shekinah é uma palavra hebraica significando a manifestação da presença de Deus, GURALNIK, David B. Webster?s New World Dictionary. The World Publishing Company, New York, 1970.). A Arca era a única peça de mobília que havia no Santo dos Santos.
II. A Importância da Arca
A Arca era o centro e o coração do tabernáculo. Ela ia á frente de Israel enquanto marchavam (Números 10:33 e 35) e em algumas vezes ela foi reverenciada de maneira supersticiosa (I Samuel 4). Ela deveria ser coberta para não ser vista quando carregada (Números 4:5-6). Ninguém podia tocar na Arca (Números 4:15) pois tão transgressão era punida com a morte (I Samuel 6:19-20, II Samuel 6:6-7). A Arca foi a única peça da mobília utilizada tanto no tabernáculo como no templo de Salomão, pois os outros foram substituídos com novas peças de mobília. Como já notamos a descrição do tabernáculo começa com a Arca (Êxodo 25:10-22). Por que a Arca tinha tamanha posição de importância?

A. A Arca era o local onde Deus habitava e falava com o Seu povo (Êxodo 25:22, I Samuel 4:4).

B. A Arca e o Propiciatório eram uma figura maravilhosa de Jesus Cristo e Sua morte expiatória.

III. A História da Arca
Desde o tempo de Moisés até o cativeiro na Babilônia a Arca era uma parte central da adoração de Israel. Ela permaneceu no tabernáculo por mais de quinhentos anos e depois no Templo de Salomão. Muitas vezes ela é mencionada em conexão com eventos importantes da história de Israel (Josué 3 e 6, I Samuel 4-6 etc). A Arca desapareceu quando os Babilônicos conquistaram Judá e não sabemos o que foi feito dela.

IV. O Simbolismo da Arca

Não há dúvidas de que a Arca era uma figura das coisas espirituais assim como o tabernáculo todo (Hebreus 9:8-9). Ela era uma figura ou padrão das coisas celestiais (Hebreus 9:23, Apocalipse 11:19). Vamos contemplar alguns aspectos particulares deste simbolismo:

C. A Madeira ! A madeira de acácia, utilizada na construção da Arca, tem sido sempre vista como um tipo da natureza humana de Cristo (João 1:14). Isto aponta para a condescendência de Cristo em vir tomar a forma de homem (Isaías 53:2).

D. O Ouro ! A Arca era revestida de ouro por dento e por fora. Isto tem sido sempre visto como um tipo da natureza divina de Cristo (João 1:1). A união da madeira e do ouro em uma só Arca, revela as duas naturezas de Cristo unidas em uma pessoa (I Timóteo 3:16).

E. O Conteúdo da Arca ! Em Hebreus 9:4 temos a lista do conteúdo da Arca. Há um significado simbólico associado a cada um destes itens:

1. As tábuas de pedra da lei, recebidas por Moisés no Monte Sinai, foram colocadas na Arca e que recebeu então o nome de "Arca da Aliança". Isto aponta para Cristo como aquele que não somente guardou a lei, mas também a tinha em Seu coração (Salmo 40:7-8, Gálatas 4:4). Em Cristo a lei foi completamente honrada e ao mesmo tempo a misericórdia tornou-se possível (Salmo 85:10).

2. A vara de Arão que floresceu foi colocada na Arca. Uma leitura cuidadosa de Números 16 e 17 mostrará que esta vara era um símbolo e uma prova da autoridade sacerdotal. Na Arca isto significava que Cristo era o grande sumo sacerdote escolhido por Deus.

3. Um pote contendo maná era guardado na Arca. Isto não somente relembrava Israel da provisão de Deus para eles como também apontava para Cristo como o pão da vida (Êxodo 16:32-34, João 6:48-51).

F. A Coroa de Ouro ! A coroa na Arca chamava a atenção para a majestade de Cristo. Como sacerdote segundo a ordem de Melquisedeque, nosso Salvador é ao mesmo tempo sacerdote e rei (Hebreus 7:1 e 17). Alguns se referem a Arca como o trono de Deus na terra.

G. O Propiciatório ! O Propiciatório era uma tampa feita de ouro maciço e colocada em cima da Arca. A palavra hebraica traduzida "Propiciatório" significa "propiciatório" ou "o lugar onde a propiciação é feita". Propiciação significa apaziguar ou aplacar alguém irado. Deus estava irado por causa dos nossos pecados, mas Cristo tornou-se a propiciação ou propiciatório pelos nossos pecados (Romanos 3:25, I João 4:10).

Uma vez por ano o sumo sacerdote entrava no Santo dos Santos e aspergia o sangue de sacrifícios no Propiciatório (Levítico 16:1-15). Isto foi um prenúncio da obra redentora de Cristo (Hebreus 9:1-8, 12, 24). Seu sangue capacitou o Pai a perdoar os nossos pecados (Efésios 1:7). O publicano em Lucas 18:13 orou por misericórdia. A palavra grega utilizada para misericórdia poderia ser traduzida como "propício" ou "propiciatório".

H. Os Querubins de Ouro ! Os querubins contemplando o Propiciatório revelam o interesse dos anjos pela obra redentora de Cristo (I Pedro 1:12, Efésios 3:10). Nota: Alguns têm usado os querubins para justificar o uso de imagens e ídolos na adoração. Eles se esquecem que embora houvesse imagens de querubins não havia imagens de Deus.

I. A Coluna ! A glória do Shekinah que pairava no Propiciatório era uma manifestação da glória de Deus (Salmo 80:1 e 99:1). Deus encontrava com o Seu povo pela mediação de Jesus Cristo (I Timóteo 2:5). Ele habitou com Israel no lugar onde o sangue era aspergido. O tabernáculo todo revelava Deus habitando com Seu povo por intermédio de Cristo (João 1:14)

quinta-feira, 2 de fevereiro de 2012

CIA GOSPEL NEWS

Graça Moraes louvando na casa deoração em caxias . transmitindo para rádio e tv olaine..BISPO DAVY GOMES UMA PARCERIA COM A CIA GOSPEL . PRESIDENTE PR; PAULO ROBERTO . E PRA; JOZÉLIA .. DEUS ABENÇOE ESTE PROJETO .

CIA GOSPEL NEWS

CANTORA MÁRCIA BARROS ESTEVE NA TV RIT DO RR SOARES NESSA QUARTA-FEIRA  DIA 1 DE FEVEREIRO NO PROGRAMA OPINIÃO JOVEM.


                                                               O LOUVOR LIBERTA.
E sucedia que, quando o espírito mau da parte de Deus vinha sobre Saul, Davi tomava a harpa, e a tocava com a sua mão; então Saul sentia alívio, e se achava melhor, e o espírito mau se retirava dele.1 Samuel 16:23

Amados Levitas, vemos claramente nesse passagem a importância do Louvor, pois não apenas tocamos o coração de DEUS, não apenas se é possivel aquebrantar corações de pedras, mas; o Louvor penetra no mundo espiritual de tal maneira que expulsa os espiritos maus(demônios).

Vemos com  que ter a chamada de Levita, não é apenas subir no Altar, para cantar, o Levita não canta, o Levita Louva. Todavia, há que se ter uma consagração, uma preparação. Apresentar-se diante de multidões, ou que seja apenas uma pessoa, para Louvar, é iniciar uma ¨CERIMÔNIA¨, para que DEUS seja invocado.
E paralelamente, no mundo espiritual, a SUA PRESENÇA, se manifesta de tal maneira que os espiritos maus, são expulsos.

Levitas se consagrem, se preparem pois é chegado a hora de DEUS ser glorificado.

Deus é Espírito, e importa que os que o adoram o adorem em espírito e em verdade.João 4:24

quarta-feira, 1 de fevereiro de 2012

Subi ao monte, trazei madeira e edificai a Casa - Ageu 1



Israel preso na Babilônia, significa a Igreja hoje, em muitas áreas influenciada pelos costumes do mundo. Padrões da música, do louvor, dos programas, que achamos que é progresso, na verdade é apenas cópia dos valores e referenciais mundanos.


Muitos levitas estão se gastando, com esforço incansável, para se tornar parecido com “Babilônia”. O que o Senhor quer nos mostrar sobre um padrão santo, como povo exclusivo de Deus, ministrando no culto ao Todo Poderoso.


Zorobabel, o exemplo de um Líder, levando a Igreja de volta a Jerusalém, de volta a uma vida de adoração ao Senhor, livres da escravidão mundana.


Você vai estudar nesta ministração, o que Deus quer que nos aconteça, para que sejamos líderes abençoados, levando o povo de volta a Jerusalém, a uma vida de adoração, vitórias, frutos...


O Senhor não nos quer apenas como pessoas que levam a Igreja a cantar, mas homens e mulheres ungidos, sábios, cheios do Espírito Santo, profetizando com seus instrumentos, GERANDO VIDA.